SOBRE BARRERAS Y LÍMITES 051: purificação suja

sbl_051_

logo sblEm algumas partes de Moçambique a tradição diz que depois do morte do marido, a mulher tem que ficar “purificada”. A “purificação” consiste no acto sexual com um dos irmãos do falecido marido. Isso, dependendo da tradição familiar, tem que acontecer oito dias depois da morte ou no fim do luto. Como se ainda não bastasse ter sexo – muito provavelmente – contra a tua vontade, o acto sexual tem que acontecer sem preservativo para ser uma “purificação válida”.

Como antropóloga estou muito preocupada em considerar e respeitar as peculiaridades de uma cultura. Mas esses casos me fazem chegar aos meus límites. De onde vem essa práctica de humiliação e violência?

*Texto y Fotografía_ Carolin Brugger 
Antropóloga especializada en Sociedad Civil
Anuncios

Una respuesta a “SOBRE BARRERAS Y LÍMITES 051: purificação suja

  1. Pingback: Indice Microensayos | Garam Masala·

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s